Shadowbanning, o que é?

Nada mais simples que ingressar e usar as redes sociais, certo? Mas ainda assim, há aqueles que não obedecem às regras, e são bloqueados de conseguir usar as plataformas. O chamado Shadowbanning, é muito mais comum que imaginamos.

Todos os dias as redes sociais recebem uma quantidade cavalar de novos usuários. Com um crescimento exponencial da abrangência e dos benefícios das redes sociais, ninguém quer ficar de fora de qualquer canal. Mas afinal, o que é o Shadowbanning?

Shadowbanning, se traduzido ao pé da letra, significa “banir à sombra”. Consiste no ato de bloquear o conteúdo de um usuário de forma que ele não saiba que isso está acontecendo. Uma vez bloqueado pelo Instagram, seu conteúdo não aparecerá no feed de ninguém, a menos que a conta já siga a sua. Sendo assim, o perfil bloqueado não aparece na opção de buscar/explorar de nenhum novo usuário. A ideia é proteger os outros contra conteúdos nocivos, enquanto, eventualmente, leva o usuário banido a deixar por si só a rede.

Esta forma de bloqueio pode ser feito pelas plataformas de mídia sociais de diferentes formas. Pode ser que o usuário bloqueado perca o acesso à sua conta por período indefinido. Também é possível que o usuário seja proibido de fazer uma nova conta e em casos de ofensa grave pode haver a proibição do endereço de IP.

Usando o Instagram como exemplo, o shadowbanning permite filtrar contas e assuntos que não cumpram seus termos e condições, tais como auto mutilação, violência e nudez. Ainda, há pessoas que usam métodos não orgânicos para aumentar o número de seguidores no Instagram, como bots, automatizadores ou um mundo de hashtags irrelevantes para o conteúdo mas que são usadas para ativar uma enorme quantidade de curtidas e seguidores.

Não existe manual exato, nem passo a passo para a utilização das redes sociais. Mas, de qualquer forma, como usuários, devemos tomar cuidado e seguir as regras, do contrários podemos ser o próximo a ser banido.