Jornada do consumidor

Você já ouviu falar de funil de vendas?

Ele é um modelo estratégico para você ou sua empresa organizarem a jornada de compra do seu cliente. Assim, você consegue entender as diversas etapas que seus clientes percorrem até tomar a decisão de comprar seu produto e/ou serviço.

A seguir temos um exemplo básico de um funil de vendas:

Agora que você já sabe o que um funil de vendas, você vai aprender que temos diferentes estratégias para diferentes etapas da jornada de compra do seu cliente.

Ou seja, nem todo visitante do seu site ou de sua loja, é um potencial cliente. 

Compreende?

Neste post vamos levar em consideração que o cliente pesquisou no Google um determinado termo, por exemplo: “Caneca de café” e encontrou seu site.

Certamente esta pessoa está buscando informações sobre caneca de café, seja para comprar ou tirar dúvidas. Por isso, é importante que o seu site tenha conteúdo relevante para nutrir esse visitante, com o objetivo de transformá-lo em um potencial cliente

Como isso funciona?

Contar uma boa história sobre café ou sobre como aquela caneca foi feita pode despertar o interesse daquele visitante em considerar o seu produto como uma excelente oportunidade de compra.

Uma vez que o visitante considerar a caneca de café como uma excelente oportunidade de compra ele vai prosseguir para o check out com intuito de adquirir aquele produto.

Feita essa introdução sobre o funil de vendas vamos falar sobre a importância de ter um bom website e ter seu negócio na web. Por dia são feitas milhões de buscas no Google pelos mais diversos termos. A seguir temos o print de uma tela do google trends, uma ferramenta do Google que nos permite visualizar o interesse ao longo do tempo, por determinados termos de pesquisa.

Conforme falamos no post big bang digital, o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic) “Na última década, presenciamos um crescimento notável do número de usuários de Internet no Brasil. Saímos de 39% da população brasileira que usava a Internet, em 2009, para 70%, em 2018, o que representa uma estimativa de 126,9 milhões de indivíduos com dez anos ou mais conectados à rede.

 A proporção chegou a 90% entre os jovens na faixa etária de 16 a 24 anos – o que indica que a Internet passou a ser elemento fundamental de socialização e ferramenta básica para aqueles que entram no mercado de trabalho.” 

Ou seja, dentro da jornada de compra dos seus clientes parte deles pesquisam no Google antes de comprar ou adquirir produtos e/ou serviços. Se você ainda não tem um website para o seu negócio você deve ficar atento, a web é uma poderosa ferramenta para seu negócio continuar crescendo e a presença digital é um fator diferenciado entre a concorrência. Caso você não esteja adequado às tecnologias, sem dúvidas, está ficando para trás.

Se você tiver interesse em saber como pode criar um site para sua empresa, entre em contato com nossa equipe. Será um prazer explicar como podemos ajudar a vender mais e expandir as vendas.