Conheça as principais dicas para vender mais na Black Friday

Diante da transformação digital do comércio em decorrência da pandemia da COVID-19 e seguindo os números das vendas da Black Friday nos anos anteriores, este ano as expectativas são para seja a maior Black Friday da história do comércio brasileiro.

Em 2019 o varejo online brasileiro faturou R$ 3,2 bilhões na Black Friday. De acordo com os dados da Ebit Nielsen esse número foi 23,6% maior que a mesma data do ano anterior. Seguindo as expectativas do mercado o pequeno e médio empresário deve ficar por dentro das tendências e se adequar ao mercado digital, para aumentar o faturamento.

Conheça os produtos mais buscados na Black Friday

Segundo o site Black Friday Brasil, os produtos mais procurados são os smartphones, depois os eletrodomésticos e, por fim, os televisores. Outros produtos que também são bem consumidos nesta data são artigos de informática, roupas, viagens, produtos de beleza e livros e itens de papelaria. 

Se o seu comércio vende um ou mais desses produtos fique atendo para alavancar as suas vendas na Black Friday deste ano.

Como vender mais na Black Friday 2020

Faça uma pré-campanha

Umas das estratégias mais utilizadas por grandes empresas durante o mês de novembro é a campanha para a Black Friday nas redes sociais. Essa atividade pode gerar mais lucros e visibilidade para a sua loja virtual. Ao apresentar para o consumidor as ofertas e as promoções mais relevantes as suas chances de ser lembrado posteriormente aumentam, assim como a sua a base de clientes. 

Estude os preços dos concorrentes

Um dos objetivos mais procurados na Black Friday são os preços baixos. Entretanto, é necessário se adequar ao mercado. Um produto com valor desproporcional aos concorrentes pode gerar desconfiança dos clientes e as chances de compras vão ser pequenas. 

Para garantir que haja um aumento de vendas e o preço de acordo com o mercado faça uma análise dos preços dos seus concorrentes. É importante que essa análise seja feita previamente, isso garante que seja gratificante tanto para você quanto para o cliente.

Reforce o seu estoque para a Black Friday

Faça um planejamento dos produtos que mais saem na Black Friday e reforce o seu estoque para garantir sucesso nas vendas e assim evitar frustração do consumidor. Entretanto, antes de comprar os seus fornecedores faça uma estimativa da quantidade de produtos que vão ser vendidos, principalmente se baseando no preço dos produtos e em relação à venda no ano anterior.

Crie uma jornada completa para o consumidor

Nos dias que antecedem a Black Friday evidencie os seus produtos nas redes sociais, mostre aos consumidores que eles precisam deste produto, diga como isso pode ajudar a solucionar o problema que eles têm.

Além disso, pense em todas as etapas de venda e na experiência do usuário dentro do seu site. Estabeleça um relacionamento próximo com esse cliente. Por exemplo, fique atento aos detalhes que agradam consumidor, como cupons de descontos e brindes. 

Planeje uma estratégia de marketing digital e invista no engajamento das suas redes sociais

Ações de marketing precisam de tempo para gerar resultados. Por isso, realize o planejamento antecipado para campanha e comece a divulgar o conteúdo nos dias que antecedem a Black Friday. 

Além disso, foque no engajamento das suas redes sociais, mostre ao consumidor que você estará participando e que vale a pena ele lembrar da sua loja no dia da Black Friday. Por isso, invista em anúncios específicos e lembre-se que esse é o primeiro contato com o seu futuro cliente.

Prepare o atendimento para a Black Friday

Durante a Black Friday garanta que o seu atendimento seja satisfatório para o usuário, isso pode impactar positivamente em compras futuras. Além disso, lembre-se também de reforçar o atendimento nos dias seguintes a data, neste período é comum aumentar o número de dúvidas, reclamações e as trocas dos produtos.

Por fim, faça um planejamento com seus fornecedores e transportadores em relação a entrega dos produtos da Black Friday. Algumas pessoas deixam de produtos na data considerando a demora para a entrega. Olhe com seus fornecedores a possibilidade de se destacar perante os concorrentes com a entrega mais rápida dos produtos.

Invista na estrutura do site e diversifique os meios de pagamento

Uma das maiores insatisfações dos clientes durante a Black Friday é a dificuldade em finalizar a compra. Por isso, invista na experiência do usuário no seu site. Entre em contato com seu desenvolvedor web e verifique as ações que são necessárias para que não haja lentidão e que o site funcione perfeitamente durante a Black Friday.

Além disso, diversifique as formas de pagamento e ofereça mais possibilidades ao cliente como, por exemplo, utilizar mais de um cartão para realizar a compra. Lembre-se a diversificação dos pagamentos facilita e ajuda o cliente a escolher a sua loja.

Faça uma pesquisa de satisfação 

Por fim, nos dias posteriores a Black Friday faça uma pesquisa de satisfação com seus clientes. Isso é importante para garantir um bom relacionamento e analisar os erros deste ano e corrigi-los nos anos seguintes.

Gostou desse conteúdo? Confira o nosso post completo sobre como a Magazine Luiza se tornou um dos maiores exemplos de transformação digital no Brasil ecompartilhe nas suas redes sociais.